Campeão por A + B! Números provam força do América na Série B

  • Daniel Hott
  • 26/11/2017 15:01
Coelho se destaca com melhor defesa, permanência no G-4 e muita disciplina (Foto: Cristiane Mattos / América)

Números não mentem. E são eles que provam quanto o América mereceu levantar a tão desejada taça da Série B. Ao longo de 38 jogos, o Coelho foi incontestável e somou 20 vitórias, mais do que qualquer outro adversário.

Desses triunfos, destacam-se as oito vitórias fora de casa. Algumas delas foram contra adversários tradicionalmente fortes em seus domínios, como o Paysandú, o Juventude e o Figueirense. Ao todo, foram 32 pontos conquistados como mandate, que garantiram aproveitamento de 56% ao Coelho.

Outro número expressivo foi das poucas derrotas. O América é o time que menos perdeu nas Séries A e B do Campeonato Brasileiro, com apenas cinco. A marca é menor que a do Corinthians, campeão da primeira divisão, que já perdeu sete vezes.

A solidez defensiva também é evidente. Das 38 rodadas, o Coelho passou 21 sem sofrer gols. O time também teve a melhor defesa da competição, sendo vazada em apenas 25 oportunidades. O time também foi o mais disciplinado do torneio, com apenas 65 cartões recebidos, média de 1,7 por jogo.

O acesso foi garantido na 35ª rodada, mas já se desenhava muito tempo antes. A equipe americana entrou no G-4 logo na 11ª rodada, após vitória sobre o Brasil de Pelotas, no Independência, e não saiu mais. Foram 28 rodadas entre os quatro clubes que sobem para a Série A.

A disputa com o Internacional pelo título durou até a última partida, mas desde o primeiro turno o Coelho já dava sinais de que iria buscar a taça. A equipe assumiu a ponta na 16ª rodada, após triunfo sobre o Figueirense, em casa. No total, foram 11 rodadas no topo da tabela.

Outro destaque foi o ataque americano, que marcou 46 vezes, sendo o quarto melhor do Campeonato. Os principais responsáveis por isso foram os atacantes Bill, artilheiro do time com 9 gols, e Luan, que marcou tem 8 gols. Os meias Ruy e Renan Oliveira, com 6 e 5 gols respectivamente, também se destacaram.

Os números também mostram a força do elenco americano. Foram 34 jogadores utilizados durante todo o campeonato, sendo que Rafael Lima foi quem mais atuou: 37 partidas. Logo atrás dele está Ernandes, que jogou em 36 compromissos.