Enderson Moreira ressalta bons momentos do time contra o Flamengo

  • Carlos Cruz
  • 17/02/2017 02:47
Técnico americano não gostou da falta de critério da arbitragem, mas destacou os bons momentos da equipe em campo

O América lutou, controlou o jogo por vários momentos, mas acabou superado pelo Flamengo por 1 a 0 na noite de quinta-feira (16/2). O jogo válido pelo Grupo B da Copa da Primeira Liga, disputado no Estádio Bezerrão, em Brasília, foi marcado por bons momentos da equipe americana, principalmente a partir dos 15 minutos de jogo. O técnico Enderson Moreira lamentou que a expulsão do volante Gerson Magrão, logo no início da segunda etapa acabou dificultando a vida do América na partida.

“Enquanto nós tivemos 11 contra 11, tivemos ali uns 10 a 15 minutos que não foram bons, é claro. A gente reconhece que a equipe do Flamengo é de ótima qualidade, mas desde o início acho que controlamos muito bem o jogo. Criamos boas situações, controle de posse de bola, de envolvimento, de finalizações, de chegadas à linha de fundo. Então a gente lamenta, porque nesse período que fomos muito melhores, não conseguimos construir uma situação de gol antes do intervalo”, analisa o treinador, que complementa.

“É claro que, a partir da expulsão, você jogando contra a equipe do Flamengo, com um jogador a menos e atrás do placar, tínhamos que marcar bem para não sofrer o segundo gol e deixar a partida viva até o final. Tivemos depois algumas situações no segundo tempo e, com um pouquinho mais de tranquilidade, poderíamos ter saído daqui com o placar de empate, que seria um grande resultado em função da expulsão”, considera.

O treinador também considerou a arbitragem sem critério. Reforçando que o time adversário mereceu o resultado, Enderson Moreira lamentou que o árbitro tenha usado medidas diferentes na hora de aplicar os critérios para marcar faltas e distribuir cartões.

“Quanto à arbitragem eu falo mesmo é da falta de critério. Um lance que para um lado é (cartão) amarelo, para o outro não é. Não dá para entender. Houve situação sim para eles tomarem amarelo e isso não foi dado. Eu fico chateado porque a gente quer sempre uma coisa muito isenta. Sem tirar os méritos do Flamengo de maneira alguma, não podemos falar isso. O Flamengo mereceu a vitória e foi mais eficiente. Mas acho que o árbitro foi muito infeliz na noite de hoje”, lamenta.

SUPERAÇÃO

O ritmo de viagens e jogos em sequência que o América vem enfrentando é “inacreditável”, como afirmou o técnico Enderson Moreira. Esse foi um dos motivos para o Coelho poupar alguns jogadores para o duelo contra o Flamengo. Mesmo assim, o treinador americano ressalta que o time americano deve superar os obstáculos, já que no próximo domingo (19/2) a equipe terá pela frente o clássico contra o Atlético, pelo Campeonato Mineiro.

“Quatro jogadores não conseguiram jogar hoje porque estão extenuados pela sequência. Mas sabemos que no domingo nós temos um clássico, mais um jogo decisivo. Vamos ter que, acima de tudo, superar toda essa maratona e esse desgaste contra um adversário que teve a semana toda para se preparar”, enfatiza o técnico americano.

PROGRAMAÇÃO

O Coelho realiza nesta sexta-feira (17/2), ainda em Brasília, um treino regenerativo. A delegação retorna da Capital Federal para Belo Horizonte apenas no fim da tarde.