Zé Ricardo e Enderson esperam duelo difícil contra o ABC, em Natal

  • Daniel Hott
  • 17/07/2017 09:31
Camisa 8 do Coelho ressalta o perigo de enfrentar uma equipe que briga contra o Z-4 (Foto: Mourão Panda / América)

Para manter a boa sequência e seguir no G-4 da Série B, o América tem um adversário complicado pela frente. Na próxima terça-feira, o Coelho enfrenta o ABC, em Natal (RN), pela 15ª rodada da competição nacional.

Sem perder há oito jogos, a equipe americana ocupa a terceira colocação na tabela, com 24 pontos conquistados. A situação é exatamente contrária ao que vive o ABC, que perdeu as últimas seis partidas na Série B e está em 19º, com 12 pontos.

Mesmo com a distância na tabela, o Coelho sabe que tem um desafio enorme pela frente. Por isso, a ordem é trabalhar forte e manter os pés no chão, como destaca o volante Zé Ricardo. “Acho mais perigoso enfrentar adversários do fim da tabela. Apesar do ABC está há seis jogos sem vencer, vamos precisar jogar muito para vencê-los. É muito importante focar na vitória”, diz o camisa 8, que pediu humildade ao time americano.

“Sabemos que não será jogo fácil, vamos estar na casa deles. Precisamos dar o nosso máximo, ter humildade e entender que não conquistamos nada. Precisamos buscar uma vitória, que pode nos colocar numa situação muito boa. O jogo é muito importante”, completa.

A opinião é compartilhada pelo técnico Enderson Moreira, que vê qualidade na equipe do ABC, apesar da má sequência no campeonato. O treinador destaca que a concentração dos atletas será decisiva durante a partida. “O ABC, dentro de casa, é uma equipe muito qualificada. Acompanhei o jogo deles contra o Guarani e vi que poderiam muito bem ter vencido o jogo. A nossa expectativa é sempre de jogos difíceis, porque quem está na parte de baixo quer se recuperar. Precisamos estar bem concentrados”, comenta.

O Coelho desembarcou em Natal na madrugada desta segunda-feira. No período da tarde, a equipe realiza o último treinamento antes da partida, no qual o técnico Enderson Moreira deve fazer ajustes finais para o duelo com o ABC.