América é superado pelo CRB em Maceió, mas se mantém na liderança da Série B

  • Pedro Amim
  • 04/08/2017 23:49
O volante Ernandes (foto) marcou o gol americano na derrota fora de casa por 2 a 1 para o CRB (Foto: Daniel Hott/América)

A invencibilidade americana na Série B, que já durava 12 partidas, acabou na noite desta sexta-feira (4/8), em Maceió. Em duelo válido pela 19ª rodada da Série B, o América foi superado por 2 a 1 pelo CRB, no Estádio Rei Pelé.

O jogo era disputado, mas o time da casa abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo com gol do meia Chico, que ampliou a vantagem alagoana dois minutos depois. Logo no início do segundo tempo, o Coelho ensaiou uma reação com o volante Ernandes, que recebeu na entrada da área e finalizou de perna esquerda com precisão. Foi o primeiro gol do Coelho no jogo e também o primeiro de Ernandes com a camisa do América.

Depois de diminuir a desvantagem no placar, o time americano voltou para  o jogo e, mesmo jogando fora de casa, pressionou bastante o CRB. Porém, a resposta americana parou por aí, com o 2 a 1 favorável ao time alagoano persistindo até o final da partida. Mesmo com a derrota, o América permanece com 36 pontos na tabela e segue na liderança isolada da Série B.

Após encerrar sua participação no primeiro turno com uma ótima campanha (10 vitórias, 6 empates e apenas três derrotas), o time americano agora começa a se preparar para a segunda metade da Série B. E o Coelho inicia a decisiva caminhada do returno dentro de casa, contra o Náutico, na sexta-feira (11/8), às 21h30, na Arena Independência.

FICHA DO JOGO

CRB 2 X 1 AMÉRICA

Estádio: Rei Pelé, em Maceió

Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B
Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)
Auxiliares: Fábio Faustino dos Santos (ES) e Katiuscia Berger Mendonça (ES)

Gols: Chico, aos 36’ e aos 38’ do 1ºT (CRB); Ernandes, aos 4’ do 2ºT (América).

Cartões amarelos: Neto Baiano, Rodrigo Souza, Edson Ratinho, Pedro Botelho (CRB); Ernandes (América).
Cartões vermelhos: Zé Carlos (CRB); Bill (América).

CRB
Edson Kölln; Marcos Martins, Audálio, Adalberto e Pedro Botelho; Rodrigo Souza, Edson Ratinho (Jorginho), Elvis (Tony), Danilo Pires e Chico; Neto Baiano (Zé Carlos). Técnico: Dado Cavalcanti

AMÉRICA
João Ricardo; Juninho, Messias, Rafael Lima e Giovanni (Hugo Almeida); Ernandes, Zé Ricardo, Gerson Magrão (Hugo Cabral) e Matheusinho; Mike (David) e Bill. Técnico: Enderson Moreira