América promove atividades especiais para funcionárias do Clube

  • Daniel Hott
  • 08/03/2018 17:55
Ações no CT e na Sede, além das redes sociais, destacaram a importância do Dia da Mulher (Foto: Mourão Panda / América)

O futebol vai muito além de 11 atletas que entram em campo. E o América faz questão de destacar, diariamente, o trabalho dos colaboradores que ajudam a fazer um Clube cada vez mais forte. No Dia Internacional da Mulher, esse reconhecimento ganha ainda mais peso, afinal, o Coelho é formado por mulheres donas de uma determinação inigualável.

Elas são fundamentais para construir um América cada vez melhor, compartilhando sabedoria e alegria. Acima de tudo, são essas mulheres que nos ensinam a ser mais fortes!

Como forma de expressar gratidão e reconhecimento a todas as colaboradoras, o América preparou um dia especial, em parceria com o salão Socila Colégio Batista e com Camila Souza, especialista em desenvolvimento de parcerias e fundadora do blog de mães Familiaria BH. As mulheres tiveram um dia inteiro recheado de atividades, com direito a quick massage e estúdio de maquiagem, sobrancelhas e corte de cabelo.

O Espaço Mulher foi montado no CT Lanna Drumond e também na Sede Administrativa do Clube. As colaboradoras pararam suas atividades e tiveram momentos de relaxamento e vaidade dentro do ambiente de trabalho.

“Eu gostei muito da iniciativa, fomos prestigiadas. São atitudes assim que ajudam a valorizar e reconhecer o papel da mulher, principalmente no meio do futebol. Adorei a iniciativa”, comenta a cozinheira Eliane Silva.

“Nos sentimos muito valorizadas com essa ação. O América é um Clube que tem atenção com suas funcionárias mulheres e ficamos muito agradecidas por isso”, complementa Cláudia Pereira, auxiliar de serviços gerais.

Outras ações

O América também se posicionou sobre o Dia da Mulher em suas redes sociais. Logo pela manhã, o Clube divulgou um vídeo com as atletas da equipe feminina, que jogaram para escanteio frases preconceituosas que ouviram ao longo de sua trajetória (confira abaixo).

À tarde, jogadores que são referências do time dentro de campo, como o atacante Aylon e o goleiro João Ricardo, gravaram vídeos com recados de conscientização sobre os direitos das mulheres.

Já na noite de quarta-feira, durante a vitória sobre a Caldense, o Coelho havia feito uma ação inovadora. O tradicional jogo das Escolas de Futebol teve apenas presença de meninas que são alunas nas escolinhas do clube.

Essas pequenas atitudes não chegam perto de tudo aquilo que as mulheres, sejam elas americanas ou não merecem. De toda forma, o América acredita ter contribuído – e vai seguir ecoando esse discurso também em outras datas – para fortalecer o direto das mulheres. Afinal, lugar de mulher é onde ela quiser!