Nos pênaltis, Coelhinhas são superadas e ficam com vice do Mineiro

  • João Zebral
  • 07/12/2019 19:23
Mesmo com o segundo lugar, o time americano está garantido no Campeonato Brasileiro Feminino A-2 (Foto: Mourão Panda / América)

Nos pênaltis, o América foi superado pelo o Cruzeiro-MG e foi vice campeão do Campeonato Mineiro 2019. A partida, que terminou empatada no tempo regulamentar em 1 a 1, foi realizada no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte (MG), neste sábado.

A treinador Kethleen Azevedo comentou um pouco sobre a partida e se diz satisfeita com a entrega e determinação de sua equipe durante toda a competição, principalmente na final deste sábado.

"Jogo muito difícil, como já sabiamos e esperavamos. Infelizmente, perdemos nos pênaltis. Sempre falo que pênalti é mais loteria, porém também tem o mérito do adversário. Treinamos até durante a semana, mas não fomos felizes. Parabenizo muito minha equipe pela luta, raça, determinação. Agradeço muito por elas terem lutado até o último minuto por esse título", disse.

O JOGO

O primeiro tempo foi bem disputado, mas com o Cruzeiro tentando atacar mais, porém parando na bela composição defensiva americana. A primeira chance de perigo foi do adversário, que aproveitou bola cruzada na área e ela passou perto do travessão. As Coelhinhas tentavam assustar nos contra-ataques, mas não levavam muito sucesso, assim como o time rival. A principal chance só veio aos 42 minutos. Em chute de fora da área, Deka defendeu, mas a bola ainda sobrou para a atacante finalizar, no entanto, Tia, com um carrinho espetacular, salvou o time americano. Nos acréscimos, quando foi novamente exigida, Deka fez bela defesa.

No início do segundo tempo, a equipe rival conseguiu abrir o placar. Em ataque rápido, Kim recebeu sozinha dentro da área e chutou para o gol. No entanto, o empate americano veio rápido. Aos 13 minutos, Jó aproveitou falha da zaga, ia ficando cara a cara com a goleira, mas foi derrubada e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Dilene mandou forte no canto e igualou o placar. Aos 28 minutos, Vanessa teve uma boa chance, mas parou em Deka, que fez uma excelente defesa.

Com o empate, a decisão foi para os pênaltis. Logo na primeira cobrança americana, Dani Peré parou na goleira adversária. Na sequência, a atleta adversária chutou para fora. Rafa, segunda cobradora das Coelhinhas, bateu bem e converteu. Nayara também converteu sua cobrança. Nas cobranças alternadas, Nandão parou na goleira e a atleta adversária converteu, garantindo o título para o rival.

América jogou com: Deka; Tia, Nandão, Nayara e Dani Peré; Flavi (Leka), Rafa e Aninha; Jó (Carol), Lorena e Dilene (Dani Bruna).


Campeonato Mineiro

Primeira Fase
29/9  – Valadares-MG 1x10 América – Gols: Lilian (três vezes), Dilene (duas vezes), Rafa (duas vezes), Jó, Leka e Duda
4/10 – América 0x0 Atlético-MG
12/10 – Ipatinga-MG 0x1 América – Gol: Jó
24/10 – América 3x0 Futgol-MG – Gols: Lorena (duas vezes) e Ágata
3/11 – Cruzeiro-MG 1x0 América
9/11 – América 13x0 Minas Boca-MG – Gols: Lorena (cinco vezes), Jó (três vezes), Aninha (duas vezes), Dilene, Lilian e Rafaela

Semifinal
16/11 – Atlético-MG 1x1 América – Gol: Lilian
21/11 - América 2x0 Atlético-MG - Gols: Lílian e Nandão

Final
7/12 – Cruzeiro-MG (6) 1x1 (5) América

Artilheiras na temporada:

9 gols – Dilene
8 gols – Lílian
6 gols – Lorena
5 gols – Jó
4 gols – Marques
3 gols – Dani Peré e Aninha
2 gols – Keké, Rafa e Ágata
1 gol – Tia, Brenda, Byah, Leka, Duda, Rafaela e Nandão