América e SaveCerrado celebram o Dia Nacional do Cerrado

  • Estevão Germano
  • 10/09/2019 15:30
Coelho volta a exibir em sua camisa o selo Carbon Neutral, cedido pela entidade de preservação (Arte / América)

Em julho de 2018, o América tornou-se o primeiro clube Carbono Neutro do futebol brasileiro. O reconhecimento tem a chancela da SaveCerrado, entidade que defende a preservação do segundo maior bioma do Brasil. A parceria levou para a camisa americana, na temporada passada, um selo Carbon Neutral oferecido pela SaveCerrado, que está de volta em 2019!

A partir desta terça-feira, no duelo contra o Criciúma-SC, o Coelho passará a estampar novamente o selo Carbon Neutral em seu uniforme. A ação celebra o Dia Nacional do Cerrado, comemorado nesta quarta-feira, dia 11 de setembro. O selo ficará na camisa até o fim da temporada.

Como primeiro clube carbono neutro do Brasil, o América compensou a emissão de todo o carbono emitido nos jogos dos quais foi mandante na temporada passada. Isso é feito por meio de uma área de cerrado com 80 mil m², localizada em Bonito de Minas (MG), que é preservada pelo América em parceria com a SaveCerrado.

O local recebe ações sustentáveis e é monitorado pelo projeto, garantindo a neutralização do equivalente em carbono emitido nas partidas do Coelho na Arena Independência. Confira no fim da matéria algumas fotos da área preservada e veja no mapa onde ela está localizada.

Erley Lemos, Diretor de Marketing e Negócios do América, destaca o compromisso do Clube com as ações em prol da sustentabilidade e o privilégio de ser um dos clubes a dar um passo à frente e tomar medidas pela preservação ambiental.

"Temos muito orgulho de ser o primeiro e o único clube carbono neutro do Brasil. O trabalho de sustentabilidade deve ser uma das premissas de nossa atuação e estampar o selo Carbon Neutral da Save Cerrado em nosso uniforme reforça nosso compromisso com as questões sócio-ambientais, além de alertar a população para a preservação do nosso Cerrado", comentou Erley.

Paulo Bellonia, presidente da SaveCerrado, enaltece a parceria de longo prazo com o América e a importância da constante conscientização sobre o consumo sustentável, bandeira defendida pelo Clube e pelo projeto.

“Para nós é de extrema importância exercer o papel da conscientização sobre o cerrado através do futebol e de um clube como o América. Trata-se do primeiro clube carbono neutro do Brasil, sendo também um clube que detém empatia com as torcidas e transmite, com essas ações, a consciência do consumo sustentável. Além de ser o primeiro carbono neutro, o América está sempre atento a essas questões ano a ano, então a continuidade dessa parceria é motivo de orgulho e um exemplo a ser seguido pelas instituições”, afirmou.

O gestor da SaveCerrado também comenta o gradativo ganho de espaço do bioma cerrado nas pautas das grandes instituições ao redor do planeta e o papel fundamental do cerrado no ecossistema brasileiro.

“O cerrado é um dos principais biomas do Brasil e necessita, cada vez mais, ser um dos temas de preservação ambiental. Um marco da importância desse bioma foi o manifestado assinado, no fim do ano passado, pelas principais empresas do mundo, que se comprometeram a não importar mais produtos oriundos de área desmatada a partir de 2020. Dessas áreas, está também incluído o cerrado. Portanto, a biodiversidade do cerrado brasileiro é um assunto que vem conquistando relevância mundial, um bioma tão importante principalmente pelo papel fundamental no escoamento das chuvas e alimentação dos rios da América do Sul, sendo também chamado de “caixa d’água” do Brasil”, complementou Bellonia.

Confira o mapa abaixo para verificar a localização exata da área nativa preservada pelo América.


Galeria de fotos


10/09/2019
10/09/2019
10/09/2019
10/09/2019
10/09/2019
10/09/2019